Tecnologia e observação da terra para uma gestão florestal sustentável

No dia 21 de Novembro teve lugar o lançamento oficial do MySustainableForest, projecto financiado pelo programa de investigação e inovação da União Europeia Horizonte 2020, que tem como objectivo integrar a tecnologia e ferramentas de Observação Terrestre na gestão florestal, com o propósito de fomentar um uso mais sustentável.

Cerca de 40% da superfície da Europa é ocupada por floresta e há duas décadas que se vem trabalhando em mecanismos, iniciativas, acordos e políticas em prol de um equilíbrio dos ecossistemas florestais.

MySustainableForesté uma iniciativa desenvolvida por um consorcio liderado pela GMV e do qual também faz parte o RAIZ (Instituto de Investigação da Floresta e Papel), o Instituto de Investigação Florestal croata CFRI (Hrvatski Sumarski Institut), a Universidade Florestal Empresarial de Mendel da República Checa UFE (Mendelova Univerzita V Brne), a Associação florestal de Navarra FORESNA, a Associação de Proprietários de Bosques da Lituânia FOAL (Lietuvos Misko Savininku Asociacija), o Centro Nacional francês de Proprietários Florestais CNPF (Centre National de la Propriete Forestiere), a empresa espanhola Madera Plus (MADERA+), a também espanhola Föra e o Instituto Europeu Florestal EFI (European Forest Institute).

A avaliação de biomassa, a elaboração de mapas de qualidade da madeira, o desenvolvimento de uma estratégia em face da alteração climática e a detecção de vulnerabilidades são, entre outras, as aplicações que se desenvolverão durante a evolução deste projecto de investigação concebido a longo prazo e com uma duração de 36 meses.

As florestas são os pulmões do nosso planeta, mas o seu papel não é apenas fundamental para o ambiente, pois a sua repercussão social e económica tem um peso cada vez maior. Os benefícios directos que se extraem delas são tão significativos como os indirectos, sendo por isso uma necessidade de primeira ordem, a nível mundial, conservá-las e fazer delas uma utilização responsável. 

MSF

Reunião de lançamento do projecto- 21 de Novembro, sede da GMV em Tres Cantos (Madrid)