O Banco Interamericano de Desenvolvimento aposta na gestão do Conhecimento

O Banco Interamericano de Desenvolvimento aposta na gestão do Conhecimento

A GMV trabalhou com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para implementar as bases de uma infra-estrutura de gestão do conhecimento com o objectivo de facilitar aos utilizadores informações que sejam relevantes, contextuais e precisas. A empresa utilizou algumas das tecnologias mais adequadas para processamento de dados não estruturados, análise cognitiva, machine learning e NLP (Natural Language Processing).

Graças à sua vasta experiência e conhecimento técnico, a equipa da GMV conseguiu combinar e adaptar diferentes soluções tais como IBM Watson e NLTK (Python Natural Language Toolkit) para dar resposta às necessidades específicas que requer o BID no que se refere à gestão do conhecimento e processamento de informações. Isto inclui a utilização de motores de análise de conhecimento, algoritmos de extração e organização de lições aprendidas de projectos, assim como classificação automática de documentos.

Javier Fernández, responsável pela secção de Text Analytics e Big Data na GMV USA, liderou este projecto que, segundo indica, permitiu à GMV "posicionar-se como parceira tecnológica líder numa área crítica do BID como é a disseminação do conhecimento".

O Banco Interamericano de Desenvolvimento é uma das principais fontes de financiamento a longo prazo para projectos económicos, sociais e instituições na América Latina e no Caribe. Além de préstimos, doações e garantias de crédito, o BID realiza projetos de investigação de vanguarda para oferecer soluções inovadoras e sustentáveis aos problemas mais urgentes desta região. Criado em 1959 para ajudar a acelerar o progresso nos seus países-membros em vias de desenvolvimento, o BID trabalha dia a dia para melhorar vidas.