A GMV reforça o seu compromisso de proteger o acesso garantido da Europa ao Espaço

A Agência Espacial Europeia (ESA) está a preparar novos sistemas de lançamento para responder às futuras necessidades institucionais da Europa, assim como para estar na vanguarda dos novos desenvolvimentos no Espaço. Por este motivo, em 2003 criou o "Future Launchers Preparation Programme (FLPP)", um programa dedicado à proteção do acesso garantido da Europa ao Espaço que avalia as oportunidades e os riscos de diferentes conceitos de veículos de lançamento e tecnologias associadas.

FLPP I

Os demonstradores e estudos deste programa afinam as tecnologias emergentes para dar às empresas europeias que integram veículos lançadores uma vantagem valiosa ao começarem o trabalho de converter a conceção escolhida em realidade.

Neste sentido, Emanuele Di Sotto, Chefe de Divisão SPS Lançadores e Sistemas de Entradas da GMV, participou em Paris, no passado dia 4 de Julho, no Workshop on Future Launchers Preparatory Programme (FLPP).

Este atelier, organizado pela Direção de Transporte Espacial (STS, nas suas siglas em inglês), reuniu vários peritos do sector para falar sobre as prioridades e atividades das futuras soluções de transporte espacial. Estas atividades serão propostas em Space19+ para futura preparação do transporte espacial.

FLPP I

Durante o evento, a GMV mostrou in situ os modelos de engenharia de alguns componentes do sistema de aviónica do lançador MIURA-1, concebidos e integrados pela GMV e pelos seus sócios PLD Space, Seven Solutions e Anteral. Concretamente, o computador de bordo (OBC na sua sigla em inglês) e a antena embutida de banda S/L apresentaram-se juntamente com vários modelos de engenharia dos principais projetos financiados pelo programa. Entre estes encontrava-se Prometheus, o novo motor de oxigénio líquido e metano que será o elemento principal do futuro lançador ArianeNext.

A empresa, através da participação neste evento, reforça o seu compromisso de desenvolver um ecossistema de transporte espacial sólido que satisfaça as necessidades europeias.