Projeto Harmony, protagonista da Jornada BIG/OPEN/SMALL DATA em Saúde

Projecto Harmony, protagonista da Jornada BIG/OPEN/SMALL DATA em Saúde

Como membro do Projeto Europeu Harmony, a GMV (que trabalha no desenvolvimento da plataforma de Big Data com a qual os médicos poderão tomar decisões para diagnosticar e tratar doenças do sangue com base em evidências), apresentou no evento Big/Open/Small Data em Saúde os avanços realizados nos primeiros seis meses de trabalho. O evento foi organizado pela Universidade de Valência.

Inmaculada Pérez Garro, Diretora da GMV Região Este, e o hematólogo e co-líder da investigação do projeto, Esteban Morcillo Sánchez, explicaram como numa primeira fase "se trabalhou na conceção e execução de um Plano de Comunicação estratégico com o fim de alinhar acções e definir prioridades para conceber o plano de acção do projecto". Por sua vez, "reuniram-se dados das diversas fontes de informação e paralelamente realizaram-se tratamentos para assegurar a qualidade dos dados, a normalização e o acoplamento a um COMMON DATA MODEL".

Conforme expôs a diretiva da GMV "estamos a começar, havendo ainda muito trabalho por fazer, uma vez que o projeto tem uma duração de cinco anos, período em que -- a trabalhar ao ritmo com que a tecnologia evolui -- vamos conceber uma plataforma para durar". Nos próximos meses "reunir-se-á a informação contrastada de milhares de pacientes anónimos, identificando-se também a informação relevante que sirva para avaliar os tratamentos dos tumores hematológicos".

Projecto Harmony, protagonista da Jornada BIG/OPEN/SMALL DATA em Saúde

Harmony é um projeto pioneiro que trabalha sob um novo paradigma de colaboração integral no mundo científico, uma vez que conta com a participação multidisciplinar de profissionais que contribuem com os seus conhecimentos clínicos, tecnológicos, legislativos e com a participação da indústria farmacêutica.