Simulação

A simulação é uma área fundamental no ambiente da Defesa porque permite a validação de novos conceitos e tecnologias e gestão do treino de uma forma rigorosa, reproduzível, repetitiva e a baixo custo em comparação com a utilização de meios reais.

A GMV tem uma ampla experiência no desenvolvimento de diferentes tipos de simuladores e posiciona-se como integrador de sistemas completos de simulação, principalmente na área da investigação operativa, fornecimento de subsistemas de software para sistemas de simulação de treino e part task trainers.

As equipas da GMV têm estado envolvidas na concepção e desenvolvimento de diferentes tipos de simulador:

  • Simuladores de I+D, orientados principalmente para simulações de novos conceitos de armas para validar novas tecnologias e desenhos.
     
  • Simuladores de Investigação Operativa que permitem testar armas reais e novos conceitos de armas em cenários diferentes de campos de batalha reais, recriando situações difíceis senão mesmo impossíveis, e que seriam caras se testadas na vida real. Estes simuladores não só permitem uma precisa modelagem de complexos sistemas de armas, como de mísseis e torpedos, e não só prevêem o seu comportamento, como também permitem a coordenação dos diferentes elementos implicados na simulação do campo de batalha.
     
  • Simuladores de Treino. A GMV fornece software para a integração em simuladores de treino de aeronaves, simuladores de treino de radar e simuladores de rotor de helicóptero, incluindo o Eurofighter, CN-235, C-130 Hércules, C-295, A-400M.

Na área da simulação, a GMV realiza diversas actividades e desenvolveu as seguintes competências técnicas:

  • Modelação física e matemática de sistemas electromecânicos e electrónicos complexos e seu ambiente de operação (p.ex. modelos de atmosfera, modelos de ambiente radioeléctrico, etc.).
     
  • Desenvolvimento de software de simulação para a implementação dos referidos modelos, tanto para operação off-line como para tempo real.
     
  • Sistemas operativos de tempo real.
     
  • Desenvolvimento de kernels de software simulação em tempo real.
     
  • Ferramentas de análise de simulações (i.e. técnicas de análise de Monte-Carlo, armazenamento e playback de sessões de simulação, técnicas estatísticas, etc.).
     
  • Ferramentas e linguagem de 4ª geração para simulação (p.ex. SIMMOD, SIMSCRIPT, MODSIM, MATLAB/SIMULINK).
     
  • Ferramentas e linguagens de última geração para simulação.
     
  • Técnicas de investigação operativa.
     
  • Técnicas de simulação para desenho com HW-in-the-loop.
     
  • Técnicas de análise de "what-if"