Big Data, um grande aliado para combater a fraude bancária

A Transformação Digital dos sistemas financeiros gerou -- e continuará a gerar -- múltiplos benefícios, tanto para as entidades como para os clientes. No entanto, também fez com que estas entidades ficassem mais expostas aos ciberatarques. Com efeito, metade dos ataques ocorridos na Espanha afectam o sistema financeiro.

GMV e Big Data, aliados para combater a fraude bancária

A Banca é um dos sectores mais preocupados com a Cibersegurança. Pensando principalmente neste tipo de clientes, mas com vista a oferecer aos restantes sectores uma proposta global de Cibersegurança, a GMV aposta na utilização das tecnologias de Big Data como mais uma ferramenta na luta contra a ciberdelinquência e a fraude financeira.

Ángel J. Gavín Alarcón, Gestor de Projectos da GMV Secure e-Solutions, explica no artigo IT User como enfrentam os clientes a fraude bancária e como podem nesta tarefa ser ajudados por um sócio como a GMV.

No documento, a GMV mostra como a utilização do Big Data e da Inteligência Artificial está a permitir uma análise mais pormenorizada da fraude, não apenas na parte operativa (detecção e previsão da fraude) mas também na parte táctica, como suporte à tomada de decisões de medidas antifraude.

A GMV detém uma vasta experiência na montagem de arquitecturas de Big Data e na própria recolha de dados. A empresa dispõe de modelos de dados de fraude que normalizam a problemática, inclusivamente quando o banco opera em diferentes países, sendo esses modelos capazes de aplicar todo o tipo de análises que dêem resposta aos casos propostos. Um exemplo paradigmático é o SIEM de nova geração que foi implementado num dos seus clientes para monitorização da actividade de recursos e de empregados.

Artigo completo: Big Data, um grande aliado para combater a fraude bancária

GMV e Big Data, aliados para combater a fraude bancária