A nuvem e as possibilidades do Big Data aplicadas à saúde

A GMV e a segurança na nuvem na VCL Softing 2016

O Instituto Tecnológico de Informática (ITI) de Valência celebrou a 2ª edição do seu evento VLCSOFTING, um fórum onde o software é protagonista e onde se partilham tendências, métodos e tecnologias em ambiente Web, Mobilidade, Internet das Coisas e Big Data.

Carlos Sahuquillo, Consultor de Cibersegurança TI da GMV Secure e-Solutions, empreendeu uma imaginativa e original apresentação sobre Segurança na Nuvem sob o título: “A nuvem não é de algodão”. O carácter criativo da sua intervenção foi aplaudido pela assistência à qual deu uma panorâmica sobre os serviços e infra-estruturas que oferece a nuvem, ao mesmo tempo que analisou a necessidade de conhecer também as suas vulnerabilidades e riscos.

Conforme concluiu o consultor da GMV "A nuvem não é tecnicamente segura pela sua própria natureza, uma vez que enfrenta desafios como o controlo do acesso, a centralização dos dados e a segurança das informações. É necessário percorrer um longo caminho contemplando aspectos como as normas reguladoras, fluxos de informação, certificações e -- antes de enfrentar o desafio -- verificar se a nossa organização está preparada para isso".

Na mesa de debate que constituiu o evento -- designada como “Big Data, Parálise por Análise?” -- Rubén Villoria, Consultor de Desenvolvimento de e-Health da GMV, apresentou o caso de sucesso do SERGAS (Serviço Galego de Saúde) com a implementação do HEXIN, a plataforma de exploração de dados clínicos e epidemiológicos desenvolvida com tecnologia da GMV. A sua intervenção suscitou grande interesse visto que se trata da única plataforma desta natureza implementada numa Comunidade Autónoma.

VCLSOFTING é um evento já referente no sector e que responde à necessidade de as empresas conhecerem as tendências e últimas tecnologias num contexto tão mutante como é o software.