FOXIRIS prepara-se para a segunda competição do Desafio ARGOS

Foxiris I

Há alguns meses que a equipa FOXIRIS, liderada pela GMV e na qual também participam a IDMind, a Universidade Politécnica de Madrid (UPM) e a Universidade de Málaga (UMA), está a trabalhar intensamente para melhorar a solução robótica Foxiris, apresentada em Junho de 2015 na Primeira Competição de Desafio ARGOS.

Neste período, todos os aspectos -- desde a mecânica à navegação, localização e subsistemas científicos -- foram revistos e reformulados, ampliando tanto as capacidades como as prestações do robô. Também foram sendo melhorados outros elementos para satisfazer inclusivamente os estritos requisitos ambientais da terceira e última Competição do Desafio ARGOS. Entre as inovações mais importantes, destacam-se a colocação de um braço robótico no lugar do mastro telescópico e a renovação do sistema de tracção.

Foxiris III

Algumas destas novas capacidades mantêm relação com a análise de dimensão de obstáculos, detecção de fugas de gás por meio de microfones ultra-sónicos, detecção de falha na bomba por meio da verificação do som, estimativa da postura em ponto de controlo, novas reacções autónomas, melhoria da consciência situacional, entre outras. Todas estas características foram analisadas e detalhadamente investigadas para a preparação de um robô completamente autónomo e facilmente operável à distância para as operações previstas de inspecção e controlo.

Dentro da ampliação das aptidões de Foxiris, destaca-se a capacidade de subir escadas. Actualmente o Foxiris pode superar diferentes tipos de degraus, com inclinações e formas distintas, para inspeccionar vários pisos, tanto em modo autónomo como de operação à distância, demonstrando ser uma solução robótica versátil, preparada para trabalhar em ambientes diversos. Esta nova aptidão também lhe permitirá superar obstáculos mesmo sem os tocar (crucial no caso das conduções típicas de metano que se estendem sobre os pisos de instalações de petróleo e gás).

Durante os meses de Fevereiro e Março, Foxiris levou a cabo uma detalhada campanha de testes simuladores de diferentes missões e condições para preparar o robô para a próxima apresentação na segunda Competição do Desafio ARGOS, que ocorrerá em Abril.